Adequação de sua empresa à LGPD e serviços de DPO Terceirizado

Artigos da Macher Tecnologia sobre LGPD, GDPR, DPO-as-a-Service, Privacidade, Proteção de Dados, Cybersegurança e Governança. Conheça nossos conteúdos e serviços para suportar a jornada de adequação e conformidade à Lei Geral de Proteção de Dados de sua empresa.
Pergunte ao DPO: Dados corporativos estão sujeitos aos controles da LGPD?

Pergunte ao DPO: Dados corporativos estão sujeitos aos controles da LGPD?

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) representa um marco significativo na proteção da privacidade dos cidadãos brasileiros, estabelecendo diretrizes claras para o tratamento de dados pessoais por organizações públicas e privadas. Embora muito se fale sobre a proteção dos dados dos consumidores, é fundamental destacar que os dados dos funcionários das empresas também merecem atenção especial. Leia este artigo para compreender melhor quais dados corporativos precisam ser tratados conforme as diretrizes e princípios da LGPD.

LGPD: O Legítimo Interesse como base legal

LGPD: O Legítimo Interesse como base legal

Uma das bases legais frequentemente utilizadas para justificar o tratamento de dados pessoais é o “legítimo interesse”. No entanto, é essencial entender que o uso indiscriminado desta base legal pode ser problemático e até mesmo contraproducente. Seja na GDPR ou na LGPD, a categorização de um tratamento como “Legítimo Interesse” deve ser evitado sem que uma profunda análise seja realizada. Uma escolha equivocada poderá levar à multas e à ideia de que sua empresa está “adequada”, quando ainda existem problemas de privacidade a serem solucionados.

Governo instituiu a Política Nacional de Cibersegurança e o Comitê Nacional de Cibersegurança

Governo instituiu a Política Nacional de Cibersegurança e o Comitê Nacional de Cibersegurança

Após quase três anos da implementação da Lei no 13.709, de 2018, conhecida como Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), que entrou em vigor em setembro de 2020 e estabelece diretrizes obrigatórias relacionadas ao tratamento de dados pessoais, o governo brasileiro sanciona novo decreto criando a Política Nacional de Cibersegurança e o Comitê Nacional de Cibersegurança. O conteúdo do mesmo está em vigor desde a data de publicação.